domingo, 3 de maio de 2009

O mistério do cofre

O suspense durou um dia. Um cofre abandonado e encontrado na semana passada no Capão da Imbuia, foi aberto no último dia 29, na Delegacia de Furtos e Roubos. Depois de tentar três chaveiros, que não cosneguiram abrir o cofre, um maçarico e marretadas foram usadas. Dentro do cofre, nenhuma fortuna ou documentos comprometedores. Apenas duas moedas da década de 1970, sem valor comercial. A polícia tinha dado 24 horas de prazo para que o proprietário do cofre aparecesse. Como não apareceu ninguém, o cofre foi arrombado.

















Foi encontrado apenas duas moedas da década de 1970, sem valor comercial.


O repórter cinematográfico Rafael Trindade da RPC esperou três horas na delegacia até o cofre ser aberto.


O repórter da rádio CBN Felipe Oliveira contou que ouvintes estavam enviando palpites para a CBN do que possivelmente teria no cofre. Boneca, tênis, um testamento etc...

Fotos: Franklin de Freitas/ Jornal do Estado

2 comentários:

Anônimo disse...

Engraçado a importância que deram a um fato quase comum em São Paulo.
O fato de uma casa ter um cofre, chama a atenção dos ladrões. E se bem guardado, fomenta até torturas para que seja aberto.
Todos evitam hoje em dia cofres em casa, por questão de segurança.

ricampelo disse...

Uma das fotos mostra mais do que um cofre...