quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A "nova droga"

Policiais do Núcleo da Região Metropolitana da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) descobriram na segunda-feira, no Bairro Alto, em Curitiba, um laboratório clandestino usado para produzir a droga sintética conhecida por MD. Segundo a polícia, essa é uma droga nova que é vendida em festas rave na região de Curitiba. Foram presos dois homens de 26 e 29 anos e uma mulher de 32. Com eles, a polícia apreendeu 1.050 cápsulas da droga.
“É uma nova droga que está sendo colocada no mercado de entorpecentes. Apenas uma análise química vai dizer qual sua exata composição e qual o seu efeito”, disse o delegado Jairo Amodio Estorilio. Conforme explicou, os trabalhos começaram há quatro meses e mostravam que a droga à base de pseudoefedrina, precursor da anfetamina, constante da lista de produtos controlados pela Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa), era distribuída em festas. A droga conhecida apenas por MD provoca efeitos que inibem o apetite e tiram o sono por várias horas.

Os repórteres Jadson, Lineu (Jornale) e Márcio Barros dos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná foram ver a nova droga...

Aliocha Mauricio dos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná.

Theo Marques da Folha de Londrina e o cinegrafista do Canal 21 Paulo Mello.

As cápsulas eram vendidas em baladas a R$ 20,00.


Fotos: Franklin de Freitas

3 comentários:

João Varella disse...

O cinegrafista do 21 é o Paulo Mello ^^

Anônimo disse...

Arrumado João Varella.

Obrigado

Fotojornalismo Curitiba

bianca disse...

Quanta desinformação kkkkkk
Aonde jah se viu comprar remedio
livremente em farmacias e encapsular
ser taxado de nova droga!
Talvez então eles produzissem as
cápsulas ahahahaha

A única diferença é que com 20,00
voce compra uma caixa e eles revendiam (revendiam) a 20,00 cada
comprimido. Absurdo é essa nossa policia desinformada.
Porque não proibem a venda de tais medicamentos.
Alguem já tomou desobesi, é a mesma coisa kkkkkkkk
Ahhhh entendi, é muito diferente ir no médico e pagar uma consulta para conseguir umas, digamos 4 caixas rsrsrs